Santigo & Cintra

Olá, Visitante
Cadastre-se

Trimble
senseFly
Irrometer
Parrot
Metos Brasil
Fique por dentro das novidades:
loadingEnviando...

Blog » Agricultura de Precisão

Falhas de plantio e o processamento de imagens

Falhas de plantio e o processamento de imagens

 

As falhas no plantio são problemas que interferem diretamente na produtividade da cultura. Dessa maneira é essencial que o produtor identifique cada falha de plantio da sua fazenda.  

 A agricultura de precisão é um conjunto de atividades que auxiliam o produtor utilizando geotecnologias para o levantamento de informações. Uma das possibilidades é a aquisição de imagens aéreas para identificação das falhas de plantio.  

 Neste blog post, você vai entender o processo de identificação de falhas de plantio a partir de imagens aéreas.

Primeiramente, vamos entender o que são as falhas de plantio. 
 

O que são as falhas de plantio? 

Define-se como falhas, espaços vazios nas linhas da plantação interferindo diretamente na produtividade. Fatores como problemas na brotação, compactação do solo, erosão, problemas nutricionais, falta ou excesso de água, o tipo e o estado das lâminas da colheitadeira, o pisoteio por consequência do tráfego das máquinas agrícolas, a estiagem, temperatura, além das pragas e plantas daninhas, podem causar danos à plantação ocasionando falhas. 

Sendo assim, o combate às plantas daninhas e invasoras, o cuidado com o solo, o manejo correto do tráfego de máquinas agrícolas, são atividades em que o produtor deve estar sempre atento.

 

Interferência das falhas de plantio na produtividade 

Em todas as culturas, a preocupação com as falhas no plantio é constante. Identificá-las ajudam a calcular perdas e danos e com isso estimar a produtividade. 

Além disso, ajudam a verificar a qualidade da cultura, avaliando quando e deve ser feito o replantio,  assim aumentando diretamente a produtividade. 

Quando falamos em produtividade, lembramos sua importância para o produtor, que a cada dia que investe em novas alternativas para alinhar o aumento da produção com a redução dos custos. 

O produtor pode identificar, além da variabilidade do campo, o índice (%) de falhas e assim tomar a decisão do replantio ou reforma. O que se torna uma questão importante para a qualidade da cultura e consequentemente a longevidade do canavial.

 

Como identificar as falhas de plantio? 

As falhas podem ser identificadas através do processamento das imagens obtidas através dos drones. 

Os drones são equipamentos de pequeno e médio porte com alta tecnologia e precisão para o mapeamento de áreas. Na agricultura eles têm sido responsáveis pela realização de mapeamentos cada vez mais precisos. 

Hoje no mercado encontramos vários tipos e modelos, muitos projetados para a agricultura, sendo modelos multirotores como os de asa fixa. 

Portando de sensores multiespectrais, câmeras RGB ou térmicas, os drones fazem o mapeamento da área de interesse. Auxiliados pela tecnologia de softwares de processamento de imagens é possível criar um mosaico ortorretificado e nele fazer identificação de objetos e realizar medições precisas e georreferenciadas. 

 

Uso de drones para identificação de falhas de plantio 

uso-de-drones-para-identificação-de-falhas-de-plantio

 O primeiro passo para identificar as falhas de plantio é fazer o planejamento da área a ser mapeada onde serão coletadas as imagens. 

Além disso é preciso planejar o voo e os pontos de apoio do levantamento quando necessário. 

É extremamente importante planejar todo o mapeamento e nessa primeira etapa também inclui atividades mais detalhadas como altura do voo/GSD desejado e a sobreposição, tudo isso para gerar um ortomosaico de qualidade, com informações precisas e satisfatórias.

As imagens aéreas captadas permitem levantar diversas informações da cultura. A utilização dos drones é uma atividade que vem substituindo o uso de equipamentos de fotografia convencional de alto custo e satélites. 

Os vants/drones possibilitam o monitoramento da área de interesse por um custo mais acessível e com informações mais precisas. 

 

Processamento de imagens 

As imagens captadas pelos drones são processadas e analisadas a partir de softwares especializados como o Pix4Dfields e Pix4D Mapper, gerando ortomosaicos e modelos digitais 3D. É após o processamento que se utilizam softwares específicos ou SIG/GIS (Sistemas de Informações Geográficas) para identificar as linhas de plantio e com isso extrair as falhas.

 

Geotecnologias para o aumento da produtividade 

 O produtor tem utilizado a tecnologia a favor da sua produtividade. A busca por geotecnologias focadas no mapeamento da variabilidade do campo está cada dia mais alta. 

O gerenciamento agrícola, o planejamento de atividades, aliado a tecnologia fazem com que o produtor tenha acesso a informações precisas e relevantes. Esse conjunto de atividades faz parte do que chamamos de agricultura de precisão. 

O uso de geotecnologias para o mapeamento da variabilidade do campo é uma ferramenta para gerenciamento agrícola em busca de decisões mais assertivas para melhorar os problemas na plantação. Esse tipo de tecnologia está se tornando cada vez mais comum, inclusive o uso de imagens aéreas para diagnósticos cada vez mais rápidos e precisos. 

O mapeamento com drones é uma alternativa com custo mais reduzido se comparado às convencionais, sendo uma poderosa ferramenta para auxiliar na resolução dos problemas que podem interferir diretamente na produção.  

 

Você pode ter acesso a esse e outros conteúdos no blog da Vantage Centro Sul | Geo Agri

GeoAgri
GeoAgri

A Geo Agri Tecnologia Agrícola, localizada em Ribeirão Preto, está no mercado há 19 anos e foi pioneira em Agricultura de Precisão. Contando com um departamento de suporte técnico bem estruturado e profissionais altamente qualificados para atender com pontualidade e eficiência os seus distribuidores e clientes, a Empresa possui também um laboratório técnico para a manutenção dos equipamentos.